BRASIL, SAO PAULO, MARILIA, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, English, Livros, Cinema e vídeo
MSN -


O que é isto?


Enviar esta foto por e-mail
Anterior | Próxima
Born to Buy

Cena do Filme "Rosalie Vai às Compras", de Percy Adlon

30/10/2011 Publicada por Giovanni Alves


Beto o site que tem os canais para assistir TV é esse ai www.tvhd.com.br

07/03/2012 12:05 Ariane C aryane-bruxinha@hotmail.com

A imagem ilustra o lazer da família após o jantar, assistir comerciais, e assim ficam atualizado com as ultimas novidades do mercado consumidor . O Consumo é tamanho que Rosalie paga contas dos cartões de crédito, com os próprios cartões de crédito. É indispensável observar os outros personagens, o marido e os filhos. Os mesmos não tem uma posição profunda, são totalmente dependentes de Rosalie, que faz de tudo, para o bem estar da família, atendendo as vontades de todos.

23/11/2011 10:16 Fernanda Marques Ferreira dos Santos fernanda.marquesfe@hotmail.com Marília-SP

Com o capitalismo manipulatório emerge um poder ideológico que acentua o estranhamento na esfera do consumo, onde, liberados do tempo de trabalho (tempo ocioso),os indivíduos não encontram uma vida plena de sentido pois vivem a lógica de transformar o tempo livre em tempo de consumo como finalidade em si mesma. O que pode ser expresso através da imagem acima onde os comerciais são postos num patamar de importância por vezes maior do que se dispõe a assistir efetivamente na tela é justamente a expressão da vida reduzida do homem que trabalha onde os comerciais (apelo exacerbado ao consumo) são comparados ao "comercial" - aqui no sentido de "intervalo" - que homens e mulheres têm para suas vidas pessoais quando não estão imersos na esfera produtiva. Desse modo, a vida humana funciona como na imagem: há um "show" acontecendo (programa de tv = produção), e há intervalos desse show (comerciais = tempo livre disposto ao consumo) e a única instância a qual nos damos conta são os "comerciais".

21/11/2011 17:59 Bruno Chapadeiro Ribeiro brunochapadeiro@yahoo.com.br Marília - SP

"Por que só veem os comerciais" reflete a temática do filme em questão e mais que isso, o consumo sem nenhuma limitação. O que me deixa a impressão de que há uma "doença" que nasceu e se estendeu por toda a família chamada consumismo mostrado quando eles assistem só os comerciais e que causa estranhamento na visita, que é justamente quem faz a pergunta.

20/11/2011 16:48 Jéssica A. De Almeida jessi-aa@hotmail.cm Marília-SP

Ao observarmos uma imagem como essa, três jovens sentados assistindo juntos à televisão, lembramos de nossas famílias, ou pelo menos o tipo ideal da família moderna que passa suas noites assistindo as imagens que transmitem uma realidade virtual e ideal para o seu cotidiano. Essa prática televisiva que até meados dos anos 60 não existia na família brasileira, retirou do núcleo da família mais um dos momentos de sua sociabilidade. A orientação das campanhas publicitárias articuladas à mercadoria enquanto substituta da afetividade humana sacia a busca pelo prazer e consequentemente poupa o humano de esforços para obter mais tempo para consumir e trabalhar. A televisão por estar presente em todos os lares possui uma característica capilar e consequentemente exerce um grande poder de manipulação dos expectadores quer seja para uma ação política, quer seja para uma ação voltada para o consumo.

20/11/2011 16:14 Bruno Lacerra de Soza bruno_lacerra@hotmail.com Marilia

Comente esta foto
Nome   
E-mail   
Cidade/Estado   
Comentário  
Caracteres restantes : 1000